Um blog não tão legal assim

Apresentação (chata)

Abandonai a esperança: não há ironia alguma no título do blog.

Neste momento, em suas mãos pousa oportunidade única de não dar sequência à leitura. Exponho os motivos.

Aqui compartilho pensamentos e resumos meus sobre a prova de Redação do Enem desde 2013.

A aparente mediocridade de meu rendimento textual encontra na “lixeira” um conteúdo do qual me orgulho, porém de insuficiente chatice. Anualmente renovo meus textos: questão de coerência.

Registro histórico: vencemos pelo cansaço. Quando as críticas eram irrefutáveis, os intelectualmente medíocres chamavam-nos de “chatos”. Projeto de intimidação fracassado, hoje o termo “chato” se equivale a “mimizento”.

Estudar argumentação é um divisor de águas entre a infantilidade e a honestidade intelectual.

Aqueles que buscam a vulgaridade argumentativa não têm motivos para estudarem redação; devem, portanto, contentarem-se com a alegria vulgar que os classifica como “legais”, ou sei lá que termo se opõe a “mimimi” – zueiros?

Já os que pretendem entrar nos centros de chatice por excelência (também chamados de faculdades) têm em mim disponibilidade gratuita para dar aulas com foco específico no Enem.

A esses últimos, peço que leiam a minha proposta e busquem o meu contato caso gostem. Se isso não basta, leiam a “Chatice Pura”, mas saibam que minhas aulas definitivamente não se dão por ali, combinado?

Obrigado pela visita!